* PAZ, HARMONIA e AMOR *

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

TU e EU sentimos... tão perto!

Pela janela olho a chuva,
os pingos parecem lágrimas!
Lágrimas da saudade
de não estar junto de ti!

Penso e repenso
a luz que sentiria
ao ver aproximar
o teu corpo do meu!

Abraçar-te, beijar-te,
dizer quanto te amo
e de nãos dadas irmos
até ao lago da paixão!

Lago dos nossos desejos
e prazeres,
dos nossos sonhos
Que viraram realidades,
num tempo
e momentos felizes!

Deixo de olhar a chuva;
continuo só,
apenas pensando…

… eu e tu nos sentimos…
tão perto!

José Manuel Brazão


1 comentário:

  1. Olá, um abraço de paz pra seu coração.

    “O verdadeiro amor ferve, mas não derrama. O amor a Deus, assim como é sincero e sem hipocrisia, é constante e sem apostasia”.

    Thomas Watson

    ResponderEliminar