* PAZ, HARMONIA e AMOR *

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mágoas



Choro minhas mágoas,
sem ressentimentos,
mas procurando nos sentimentos,
transformar o ódio em amor;
amar para ser amado,
compreender para ser compreendido
ouvir para ser ouvido,
respeitar para ser respeitado.

Choro minhas mágoas,
sem hesitações,
Para sorrir aos meus irmãos
e alegrar nossos corações.
Se der e não receber,
ficarei resignado.

O choro das minhas mágoas,
continuará perante Deus!

Open in new window

2 comentários:

  1. Meu blog.. A Viagem aconteceu como um sonho,
    mas tenho muito medo que seja um sonho e que
    um dia venha acabar.
    Eu acredito que em nossa vida
    devemos dar carinho e amor sem excessão.
    O carinho edifica alicerces da amizade.
    Cada um recebe de acordo com o que dá.
    Quero deixar meu eterno carinho
    pela sua amizade tão importante na minha vida.
    beijos e beijos com infinita ternura,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Eu choro também...enquanto não vejo Deus, consolo-me com ombros amigos rs.
    Posso dar mais um nome ao seu poema? Maturidade. Belo sentido nos seus versos.
    Ainda estou aprendendo.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderEliminar