* PAZ, HARMONIA e AMOR *

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O silêncio


Tempos de falar, horas de calar
O que se fala é algo incomum
Tempo seco, substancial
Sementes guardadas
Futuramente depositadas
Em solo propício
Pensamento flutuante
Mas pés descalços
Na terra.

Luciana Silveira

1 comentário:

  1. Falar, calar... quando feitos na hora errada, muito pode ser destruído...

    ResponderEliminar